Projeto ALEPH

E​ntenda o que é esse projeto

aleph.jpg

Vejam nossos artigos sobre esse assunto

 

Projeto ALEPH

Oque é e para que serve esse projeto?

(Produção de alimentos de origem animal: ética, planeta e saúde humana)

O projeto ALEPH2020 foi lançado no final de 2020 por um amplo grupo internacional e interdisciplinar de mais de 40 especialistas científicos. Tem como objetivo dar uma visão geral das polêmicas relacionadas à produção e ao consumo de produtos de origem animal, funcionando como uma referência para quem precisa de informações recentes, confiáveis e abrangentes. Com um formato dinâmico, deve ser sempre considerado como um trabalho em andamento imperfeito e não como um banco de dados estático ou como ciência estabelecida.

De onde vem o nome e o logotipo?

A sigla se refere à primeira letra do alfabeto Protocanaanita 'Aleph', que mais tarde também se transformou na letra 'Alpha' em grego, e na letra “A” no latim. Originalmente, a letra foi derivada da palavra semítica ocidental para "boi" retratada em uma pintura proto-sinaítica, que provavelmente foi obtida de um hieróglifo egípcio mostrando uma cabeça de bovino. Como tal, não representava apenas um som vocal e elemento de escrita, mas também noções de força, vitalidade, fertilidade e generosidade. Ao longo da pré-história e da história humana, os animais (caçados ou domesticados) e os alimentos de origem animal sempre tiveram essas conotações, pois eram essenciais para a sobrevivência e o sustento.

Recentemente, no entanto, há uma tendência notável de inverter seu significado original, especialmente nos centros urbanos de países ricos. O consumo de produtos de origem animal é regularmente e cada vez mais representado como antiético e prejudicial à nossa saúde e ao planeta, a tal ponto que alguns defendem uma dieta restritiva quanto a esses alimentos (Planetary Health Diet), ou mesmo sem um de seus integrantes (vegetariana), ou ainda com a abolição total (vegana), defendendo o fim da produção animal. No projeto ALEPH2020 nós argumentamos que essas afirmações surpreendentes não são apenas contra intuitivas, mas também que seus fundamentos científicos são muitas vezes mal interpretados e apresentados fora do contexto. Ao abordar os tópicos de ética (saúde animal), sustentabilidade (saúde planetária) e nutrição (saúde humana), afirmamos que a produção animal e seus produtos têm um papel importante a desempenhar dentro de uma estrutura geral de Saúde Única.

Administradores do projeto: LEROY, Frédéric e ABRAINI, Fabien

Pesquisador colaborador no Brasil: Pflanzer, Sérgio

https://aleph-2020.blogspot.com/